Arquivos de Categoria: Lançamentos

Corujas: símbolos da filosofia e da pedagogia

As corujas são os símbolos da filosofia e da pedagogia, pois simbolizam a sabedoria, inteligência, argúcia, astúcia, sensibilidade, visão e audição super potente das corujas. A coruja tem visão 180% superior ao do homem. Ela enxerga tudo ao seu redor apesar de ser daltônica, não identificando a cor vermelha, e poder mexer completamente a cabeça (gira-a para todos os lados, pois tem os olhos completamente separados). É muito difícil enganá-la, ela percebe “segundas intenções”. É muito difícil criá-la em cativeiro, sendo uma ave muito ligada a sua família, não abandona os filhos em hipótese alguma, sendo o macho quem cuida dos filhotes e a fêmea é quem sai par caçar. Existem diversas representações para este símbolo, a Coruja, no que se refere as representações para a Filosofia e Pedagogia; no entanto, podemos observar na figura símbolo:

 

20160503_114714

Estampa Digital no Tecido para Decoupage e Patchwork da Estilotex.

 

1. A cabeça da coruja possui um formato ovalado, quase arredondado, que faz imaginar a figura do globo terrestre. Isso permite considerar que a formação do pedagogo é para todos os cantos do mundo. É universalista, pluralista;

 

2. Acima dos olhos e abaixo da cabeça a penugem do pássaro forma uma semelhança de letra “V”, que pode ser interpretada como a primeira letra da palavra “Vida”; afinal, o Pedagogo será o profissional apto a preparar o ser humano para a vida toda, não apenas para o saber;

 

3. Algumas espécies tem o formato de coração bem pronunciado; o que significa que ensina com amor;

 

4. O olho direito está bem aberto e é formado de uma espécie de circunferência com escamas que fazem lembrar a representação de ondas concêntricas. E o olho esquerdo apresenta-se fechado. precisa concentrar-se no conhecimento, na construção da própria personalidade, na reflexão, na formação de princípios (olho fechado). Um olhar para dentro (introspecção) e um olhar para fora (extrospecção), para o mundo (o olho direito) que se projeta para o futuro e irradia suas ondas de conhecimento para um além bem distante;

 

5. O pássaro dá a impressão de mostrar-se com o peito aberto, estufado para frente. Isso pode representar a coragem, a ousadia que o pedagogo precisa assumir para levar em frente sua missão, suas metas, seus objetivos, frente às dificuldades profissionais suas e as dificuldades culturais, sociais e psíquicas dos seus educandos;

 

6. Uma das asas do pássaro empunha um lápis que escreve sobre um livro que, por sua vez, está sobre outro livro. Hoje já existem símbolos da pedagogia que apresentam três livros. Isso pode significar que o ler e o escrever são as ferramentas que darão asas para o ser humano voar em busca de sua autorrealização e libertação. O Pedagogo é o iniciante deste processo porque ele começa a sua atuação nas primeiras séries da educação básica, mas continua por toda a educação fundamental e média até a superior. Um livro, pois, representa as séries iniciais, todas as séries da fundamental e média e o outro livro pode representar o nível superior que é onde o pedagogo vai buscar e construir sua ciência, as bases para sua prática e os fundamentos éticos para a construção de sua personalidade que será também espelho para os seus educandos;

 

7. As garras do pássaro se afirmam com vigor na base que apóia seus pés. Isso permite significar a profundidade, a firmeza intelectual, cultural, pedagógica e moral que devem ser qualidades essenciais do pedagogo;

 

8. Por fim, a cauda do pássaro apresenta uma clara conotação de elemento de equilíbrio para o pássaro. Assim também a pessoa do pedagogo deve primar-se pelo equilíbrio, pela personalidade segura pela capacidade de mediar as suas exigências pessoais e profissionais com dificuldades sociais que ele vai encontrar nas salas de aulas, escolas, familiares e colegas de profissão. O equilíbrio que, em ética se chama virtude da prudência, é justamente a balança que pesa nas proporções necessárias tanto o ardor do pedagogo na exigência de condições razoáveis para o exercício de sua profissão quanto no seu posicionamento ético de não trabalhar só pelo salário mensal e para a satisfação de suas necessidades puramente materiais.

 

Estampas Estilotex

A Estilotex sempre surpreende! Neste mês de outubro lançamos mais 06 estampas para completar nossa coleção de Tecidos Especiais (Ordem 5900), que estão repletas de detalhes, cores e vivacidade. Vale a pena conferir!

 

Duas lindas estampas de girassóis, sendo uma voltada para aplicações com quadros e faixas, além de outra estampa corrida para compor a combinação!

 

DSC08313

 

 

DSC08315

 

DSC08322

 

Em uma mesma linha lançamos algumas estampas de legumes para abusar na criações de peças para sua cozinha!

 

DSC08306

 

 

DSC08309

 

Além de uma encantadora estampa floral voltada para aplicações!

 

DSC08331 2

 

 

Forro Crass (Ordem FOC150) da Estilotex

A Estilotex está com mais uma novidade, o Forro Crass, similar a um feltro bem grosso na cor branca, conhecido como feltro para base. Sua utilização desse produto é bem parecida com a utilização das Mantas R1 e R2, porém, não possui resina (cola). Devido a sua espessura (aproximadamente 2,8mm) tem grande resistência e também funciona como isolante térmico, ou seja retarda a passagem do calor.

 

DSC07511

 

O Forro Crass, é ideal para o “recheio” de bolsas, jogos americanos, caixas de mdf, cartonagem, aventais, luvas ou outras peças que necessitam de uma base, ou enchimento plano para dar sustentação os trabalhos manuais.