Arquivo da Tag: Atividade

Artesanato gera ocupação e renda para mulheres carentes

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, vem desenvolvendo desde janeiro de 2014 um trabalho de capacitação junto a mães carentes da Vila Irmã Dulce.

 

Fonte: SEBRAE

 

A iniciativa foi pensada para atender a um pleito da Irm√£ Gra√ßa, que comanda o Centro Integrado da Crian√ßa e do Adolescente Cordeiro do Reino, Cincacre, uma creche que funciona naquela regi√£o, beneficiando um grande n√ļmero de crian√ßas. A miss√£o do centro √© implementar a√ß√Ķes que resultem na melhoria de vida das popula√ß√Ķes carentes, especialmente crian√ßas e adolescentes.

 

‚ÄúA Irm√£ Gra√ßa procurou o Sebrae para pedir que fosse desenvolvido um trabalho com os pais das crian√ßas atendidas no Cincacre. Realizamos uma visita t√©cnica ao local para avaliar o n√≠vel de interesse dessas pessoas, e constatamos que uma capacita√ß√£o em artesanato poderia gerar resultados bastante positivos‚ÄĚ, declara a gestora do Projeto de Artesanato do Sebrae no Piau√≠, Rosa de Viterbo.

 

Ainda segundo Rosa, a a√ß√£o iria atender tamb√©m a uma demanda da empresa de moda fitness Body One, que na ocasi√£o da Casa Piau√≠ Design, havia contatado o Sebrae para pedir aux√≠lio no que se refere ao descarte das malhas, que se acumulavam na empresa, comprometendo o processo de produ√ß√£o. ‚ÄúFoi quando resolvemos unir as duas demandas. Os pais do Cincacre iriam desenvolver pe√ßas artesanais com retalhos de malhas da Body One‚ÄĚ, explica Rosa.

 

De acordo com a empres√°ria Manuela Costa, propriet√°ria da Body One, ela e o marido j√° vinham a algum tempo pensando num destino para os retalhos. ‚ÄúProcuramos o Sebrae para doar os retalhos que se acumulavam e n√£o tinham onde ser acondicionados. Precis√°vamos esvaziar o espa√ßo de produ√ß√£o, mas n√£o quer√≠amos que tudo aquilo fosse parar no lixo, pois sab√≠amos que podiam ser reaproveitados, evitando desperd√≠cio e o descarte desnecess√°rio no meio ambiente‚ÄĚ, conta a empres√°ria.

 

Em janeiro, já havia 210 pessoas, entre homens e mulheres, cadastradas para participar da capacitação. Foi selecionado um grupo piloto, composto por 25 mulheres, que atuarão como multiplicadoras das técnicas entre os moradores da comunidade da Vila Irmã Dulce.

 

Inicialmente, os instrutores do Sebrae, Joana D’arc e José Feitosa, realizaram uma Oficina de Criatividade junto àquelas mulheres, na qual foram trabalhados os produtos que seriam desenvolvidos com os retalhos. Todas as peças atendiam a uma cartela de cores e foram pensadas com foco na comercialização.

 

Antes da oficina, foi feita a seleção do material que iria compor a nova coleção com as cores do Brasil, incluindo utilitários, souvenires e acessórios de moda, como pulseiras, sandálias, colares, faixas de cabelo, chaveiros, entre outros produtos. E o trabalho foi avançando. Atualmente, as mulheres já desenvolvem até peças de vestuário com os retalhos. O resultado dessa primeira etapa de produção será apresentado numa feira, que acontecerá em maio, no período do Dia das Mães.

 

‚ÄúSer√° um trabalho cont√≠nuo de sele√ß√£o do material, cria√ß√£o de pe√ßas piloto, de desenvolvimento de novos produtos e cole√ß√Ķes, para que elas possam acompanhar as tend√™ncias de mercado e garantir a comercializa√ß√£o dos produtos‚ÄĚ, comenta Rosa de Viterbo.

 

Paralelo ao processo de produ√ß√£o, o Sebrae dar√° in√≠cio a a√ß√Ķes focadas na gest√£o e organiza√ß√£o formal desse grupo produtivo. Essas a√ß√Ķes ser√£o conduzidas pelo instrutor da institui√ß√£o Emanuel Sinimbu.

 

‚ÄúEsse √© um trabalho que tem uma grande import√Ęncia social. Por meio do artesanato, v√°rias mulheres est√£o sendo inclu√≠das no mercado de trabalho. A produ√ß√£o desse material tem gerado emprego e renda para as m√£es carentes, al√©m de aproxim√°-las de seus filhos, que passam o dia na creche. Nesse ambiente de trabalho e conv√≠vio social e familiar, essas mulheres t√™m a oportunidade de transformar suas realidades, sendo verdadeiras agentes de multiplica√ß√£o do bem‚ÄĚ, declara o diretor t√©cnico do Sebrae no Piau√≠, Delano Rocha.

 

A empres√°ria Manuela Costa diz que se sente realizada em contribuir para que as mulheres da Vila Irm√£ Dulce tenham uma alternativa de ocupa√ß√£o e renda. ‚ÄúEstamos fazendo a nossa parte para mudar um pouco a realidade daquela comunidade, que √© muito carente‚ÄĚ, pontua Manuela.

 

Al√©m de a√ß√Ķes focadas na gest√£o, est√£o sendo pensadas tamb√©m estrat√©gias para a conquista de novas parcerias. A ideia √© encontrar empresas que possam doar outros tipos de materiais e tamb√©m equipamentos para que o grupo avance no processo de produ√ß√£o e aprimoramento das cole√ß√Ķes. O Servi√ßo Social do Com√©rcio, Sesc; o Lions Clube e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econ√īmico j√° s√£o parceiros do Cincacre juntamente com o Sebrae e a Body One.

 

Serviço:

Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356

Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

www.twitter.com/pi_sebrae

www.facebook.com/sebraepiaui

 

Praticar exercícios físicos regularmente traz benefícios mesmo se começarmos tarde

Pesquisa reforça a necessidade de treinos diários, que ajudam não só o corpo a se manter em forma, como também a cognição cerebral, agindo na prevenção de doenças neurológicas, como o Alzheimer.

 

Fonte: Sa√ļde Plena

Vilhena Soares – Correio Braziliense

Publicação:04/04/2014 13:00Atualização:04/04/2014 10:55

 

As amigas Iva e Iclea descobriram na dan√ßa um incentivo para cuidar da sa√ļde f√≠sica e mental (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

 

20140331090942595096u

As amigas Iva e Iclea descobriram na dan√ßa um incentivo para cuidar da sa√ļde f√≠sica e mental

Praticar exercícios físicos regularmente traz ainda mais benefícios do que se pensava. E mesmo que a pessoa só inicie as atividades já adulta ou mesmo na terceira idade. Pesquisadores do Centro de BrainHealth na Universidade do Texas (EUA) publicaram na revista on-line Frontiers Aging Neuroscience um estudo que prova, cientificamente, que a prática de exercícios aeróbicos ajuda adultos saudáveis no envelhecimento, revigora a memória e a plasticidade do cérebro, e, claro, incrementa o físico. O trabalho reforça a necessidade de treinos diários, que ajudam não só o corpo a se manter em forma, como também a cognição cerebral, agindo na prevenção de doenças neurológicas, como o Alzheimer.

 

Participaram do experimento adultos com idades entre 57 e 75 anos, considerados sedentários, que foram orientados a realizar diariamente treinamentos físicos. O grupo praticou atividades aeróbicas supervisionadas. Durante três meses, três vezes por semana, eles se exercitaram em uma bicicleta ergométrica ou em uma esteira por uma hora.

 

Os pesquisadores avaliaram os participantes em tr√™s momentos: antes do in√≠cio das atividades, na metade dos testes (ap√≥s seis semanas) e no fim das 12 semanas de atividades. Nessas ocasi√Ķes, foram medidos o fluxo sangu√≠neo cerebral e a aptid√£o cardiovascular dos volunt√°rios. Nas avalia√ß√Ķes, constataram-se altera√ß√Ķes no fluxo cerebral dos participantes. ‚ÄúUma regi√£o fundamental onde vimos aumento do fluxo sangu√≠neo cerebral foi o cingulado anterior, indicando uma maior atividade neuronal e taxa metab√≥lica. O cingulado anterior tem sido associado √† cogni√ß√£o superior, no fim da vida‚ÄĚ, explicou Sina Aslan, fundador e presidente da Advance MRI. ‚ÄúAo medir o fluxo sangu√≠neo cerebral, de forma n√£o invasiva, detectamos altera√ß√Ķes cerebrais muito relevantes e positivas‚ÄĚ, assinalou Aslan.

 

Segundo Sarah Chapman, diretora-chefe do Centro de BrainHealth e uma das autoras do trabalho, os pesquisadores levaram em conta ind√≠cios anteriores de que os exerc√≠cios podem ajudar a cogni√ß√£o do c√©rebro. ‚ÄúEsse estudo baseia-se em um corpo de evid√™ncias crescentes que ilustram o qu√£o altamente male√°vel o c√©rebro humano √©. Mas nosso c√©rebro e sua neuroplasticidade tamb√©m t√™m um lado negativo. Se n√£o adotarmos adequadamente h√°bitos f√≠sicos e mentais saud√°veis, v√£o perder o terreno‚ÄĚ, afirmou a cientista. Ela destacou a import√Ęncia de regularidade nos exerc√≠cios, lembrando que, assim como acontece com o corpo, os benef√≠cios ao c√©rebro n√£o s√£o duradouros se as atividades forem interrompidas.

 

Sarah Chapman assinalou que um grande ponto da pesquisa foi incluir volunt√°rios da terceira idade nos testes. ‚ÄúN√≥s selecionamos essa faixa et√°ria para ter evid√™ncias consider√°veis, j√° que fun√ß√Ķes cerebrais e cognitivas mostram n√≠tidas quedas relacionadas ao avan√ßo da idade. Nossa equipe est√° interessada no grau em que esses decl√≠nios podem ser interrompidos e perdidos, mas sabemos que o exerc√≠cio f√≠sico √© definitivamente ben√©fico para pessoas de todas as idades‚ÄĚ, detalha.

 

A pesquisadora adiantou que o trabalho entrar√° numa nova etapa. ‚ÄúUma pesquisa anterior mostrou uma melhora em seis meses, a nossa pesquisa mostrou mudan√ßa no c√©rebro em seis semanas e melhoria de mem√≥ria de tr√™s meses. Sabemos que o c√©rebro muda de acordo com a forma como √© usado. Com o exerc√≠cio aer√≥bio, o ganho de mem√≥ria √© grande, por√©m n√£o permanente. Para entender melhor os mecanismos neurais espec√≠ficos que melhoram com o exerc√≠cio aer√≥bico, vamos continuar a abordar essas t√©cnicas usadas nesse experimento‚ÄĚ, justificou.

 

Na pr√°tica

Iva Augusta, 60 anos, decidiu fazer aula de dan√ßa na Universidade Cat√≥lica de Bras√≠lia (UCB) por acreditar que o exerc√≠cio di√°rio poderia preencher seu tempo e tamb√©m preservar a sua sa√ļde. Ela conseguiu o que queria, e agora n√£o se imagina longe da dan√ßa por motivo algum. ‚Äú√Č uma atividade muito boa, pois faz com que me movimente e tamb√©m me ajuda a interagir. Al√©m dessa aula, tenho interesse nos cursos de espanhol e ingl√™s aqui na universidade, al√©m das aulas de viol√£o. Acredito que esse conjunto de novas tarefas me distrai e me auxilia a manter a sa√ļde. Saber que pode melhorar a mem√≥ria √© outro ponto positivo que n√£o conhec√≠amos‚ÄĚ, comemorou.

 

Tamb√©m aluna de dan√ßa na UCB, a aposentada Iclea Calado, 68 anos, tem percebido que cada vez mais seu grupo de amigas participa de atividades. ‚ÄúAcho que a dan√ßa s√≥ tem a nos trazer benef√≠cios, n√£o s√≥ para um problema de sa√ļde pelo qual j√° passamos, mas tamb√©m como forma de evitar que outros surjam‚ÄĚ, observou, acrescentando: ‚ÄúAcredito, sim, que praticar exerc√≠cio fa√ßa um bem grande a nosso c√©rebro‚ÄĚ.

 

De acordo com Norberto Frota, vice-coordenador do Departamento de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), o estudo do Centro de BrainHealth comprova conceitos que j√° existiam, o que incentiva a pr√°tica de exerc√≠cios n√£o s√≥ por adultos, mas por pessoas na terceira idade. ‚Äú √Č um estudo interessante, e trata de um tema cada vez mais discutido, que √© a atividade f√≠sica influenciando a cogni√ß√£o. Temos casos de pacientes com dem√™ncia como Alzheimer que tiveram melhoras significativas com a pr√°tica de atividades f√≠sicas‚ÄĚ, ressaltou.

 

Para Norberto Frota, essas pesquisas ajudam a mostrar que os exerc√≠cios f√≠sicos s√£o de grande import√Ęncia para a preven√ß√£o a doen√ßas neurol√≥gicas. ‚ÄúN√≥s orientamos os pacientes que sempre querem saber como melhorar a mem√≥ria: atividade f√≠sica e intelectual. Esses estudos est√£o colaborando para que sigam nossas orienta√ß√Ķes e para que tenhamos a certeza de que √© o caminho certo a seguir na busca por uma vida mais saud√°vel‚ÄĚ, opinou.

 

Usar toalha na academia √© uma quest√£o de sa√ļde!

Fonte: Dama de Aço

 

Utilizar uma toalha apropriada durante a muscula√ß√£o n√£o √© apenas quest√£o de higiene, mas um ato preventivo para a sua sa√ļde. Como a Estilotex se preocupa com o seu bem-estar e sua sa√ļde, n√≥s lan√ßamos a Toalha Fitness

 

DSC03395

 

Muita gente n√£o sabe, mas usar toalha na academia, ou durante a pr√°tica de qualquer atividade f√≠sica, √© fundamental para que voc√™ evite pegar, ou transmitir, in√ļmeras doen√ßas de pele. Quem, por falta de alternativa, nunca utilizou um aparelho todo suado e com um odor desagrad√°vel, na academia? Pois √©, utilizar um √°lcool para amenizar o problema √© uma solu√ß√£o, mas ter uma toalhinha para forrar antes de cada exerc√≠cio √© a medida correta para evitar a transmiss√£o, e absor√ß√£o, de doen√ßas.

 

Ao malhar, todo liquido retido pelo corpo é eliminado por meio do suor, que, ao entrar em contato com a pele, é expelido cheio de impurezas, bactérias, micróbios etc. Dessa forma, quando um aparelho é utilizado sem o uso da toalhinha o suor da pessoa fica no local, e entra em contato com a próxima pessoa a utilizar o equipamento, e assim por diante.

 

beneficios-toalha-academia-sport-vitta-ipiranga

 

Pesquisas apontam que doen√ßas de pele em atletas s√£o muito mais comuns, e s√£o respons√°veis por 50% das doen√ßas infecciosas que atingem participantes de esportes competitivos. Algumas dessas infec√ß√Ķes s√£o t√£o graves ao ponto do atleta ter que se submeter a cirurgias. Al√©m disso, o contato com o suor, les√Ķes e secre√ß√Ķes de terceiros deixam a pele mais vulner√°vel a uma s√©rie de outros problemas. As doen√ßas de pele mais comuns nesses casos s√£o p√© de atleta, micose, impetigo, herpes etc.

 

As toalhas são importantes para evitar a transmissão e o contágio de doenças através do suor.

 

Por isso, algumas academias exigem o uso de toalhas. Algumas at√© disponibilizam o acess√≥rio para ser utilizado e devolvido ao final do treino. Mas, fique ligada: nesses casos, a academia deve cumprir as normas de higiene estabelecidas pela Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa). A toalha deve ser lavada, esterilizada e, de prefer√™ncia, embalada em saco pl√°stico individual. Mesmo com todos esses cuidados, antes de utiliz√°-la, observe se ela est√° limpa, e sem vest√≠gios de uso recente.

 

Se você não confia na toalha disponibilizada da sua academia, ou tem algum receio, use a sua. O importante é não deixar a toalhinha de lado. Atenção: nunca peça toalha emprestado, mesmo que seja uma pessoa da sua inteira confiança.

 

Contudo, caso você não tenha conseguido evitar e se infectou de alguma forma, a primeira coisa a fazer é se afastar da academia até que o problema seja resolvido e não represente mais risco de contágio para outras pessoas.

 

Existem, ainda, algumas precau√ß√Ķes que lhe ajudar√£o a prevenir certas doen√ßas, como: tomar banho antes e depois de ir √† academia, lavar bem as m√£os ap√≥s o treino, verificar se os aparelhos est√£o bem conservados e limpos e ficar de olho em qualquer altera√ß√£o na sua pele. Esses cuidados fazem toda a diferen√ßa.

 

DSC03396

DSC03392

Como usar a toalhinha:

 

‚Äď Use sempre a toalha limpa;

 

‚Äď Estenda a toalha sobre o aparelho ou colchonete que ir√° utilizar, de forma que seu corpo fique em cima da mesma;

 

‚Äď Ap√≥s usar o aparelho, caso tenha deixado suor, passe um √°lcool para limpar.

 

Com bom senso e higiene voc√™ previne a sua sa√ļde e a dos outros tamb√©m.